Que é DiSEqC:
DiSEqC (Digital Equipment por s.a.t.é.l.i.t.e de controlo) é um protocolo de comunicação único para uso entre um receptor de s.a.t.é.l.i.t.e e um dispositivo comutador como um multi-antena, o rotor uma de uma pequena antena ou multi-LNB titular. Ele é compatível com os actuadores utilizados para girar grandes antenas de banda C, utilizado com um posicionador DiSEqC. Utilize o cabo coaxial para transmitir tanto dados / sinais bidirecionais e poder.

Receba nossas Atualizações:

 

A palavra “DiSEqC” é um dos termos mais frequentemente usados na linguagem técnica ou descritiva quando se fala de recepção s.a.t.é.l.i.t.e, nomeadamente de receptores, comutações e posicionamento de antenas. Mas… afinal, o que é o DiSEqC, para que serve e como funciona ?

Revolucionou os sistemas de comutação utilizados nas instalações domésticas, como também do tipo TVRO, de recepção de s.a.t.é.l.i.t.es. Permite substituir com eficácia e maior simplicidade o posicionamento de antenas de recepção s.a.t.é.l.i.t.e, até então por utilização de motores de tipo tradicional alimentados a 36 V. Vamos procurar, de modo simples e pouco complicado, descrever este sistema de comutação e posicionamento que facilitou a instalação e operação das antenas parabólicas a todos os utilizadores.

O que é ? Para que serve ?

O nome DiSEqC ( Digital Satellite Equipment Controller ), o qual em português toma o seguinte significado “Controlador Digital de Equipamento para s.a.t.é.l.i.t.e”, foi um protocolo de comutação desenvolvido em conjunto entre a Eutelsat e a Philips, com a finalidade de possibilitar a comutação entre antenas, utilizando o cabo de transporte de sinal entre o LNB[F] e o receptor, tirando, por seu turno, partido de algumas das características funcionais existentes já nos receptores e adicionando outras de modo a completar este tipo de protocolo.
Umas das vantagens imediatas deste novo sistema de comutação digital foi a de implementar um sistema de comutação de caráter u.n.i.v.e.r.s.a.l, mais simples e prático que os existentes até então, e, acima de tudo, facilitar não só a instalação dos sistemas empregues para esse fim como, por outro lado, evitar a sempre problemática necessidade de alimentações externas, eliminando a utilização de vários cabos, tanto de transporte de sinal como de energia, entre os diversos elementos das cadeias de recepção, ou seja, entre as diversas caixas de comutação, LNB[F] ou antenas e os respectivos receptores, aproveitando para todas as tarefas funcionais e de comutação o único cabo que os interliga com o receptor.
O princípio de funcionamento do DiSEqC é bastante simples: atuando o receptor como um controlador, sendo-lhe incluído um circuito adicional, o qual envia os comandos para os comutadores de tipo coaxial, ou então para um LNB[F] de última geração, que possam entender estes tipos de comando.

Este tipo de comando é efetuado modulando a freqüência de 22 kHz existente nos receptores e empregue na comutação entre banda baixa e banda alta nos LNB[F]’s universais, com trens de impulsos, os quais obedecem a um protocolo pré-estabelecido para os equipamentos destinados a esta finalidade, “master” e “slaves”, sendo por conseguinte perfeitamente entendidos pelos periféricos a quem são destinados ( comutadores, LNB[F]’s, posicionadores, etc… ).

Os tipos de DiSEqC existentes são:

DiSEqC 1.0 – É a versão básica deste tipo de comutação, sendo unidireccional, o que significa que só permite a emissão a partir do receptor para o comutador do mesmo tipo. Controla um máximo de 4 entradas e uma saída;

DiSEqC 1.1 – Semelhante ao anterior, mas pode controlar até 16 entradas de sinal, por permitir efetuar a comutação com outros comutadores semelhantes;

DiSEqC 2.0 – Versão semelhante à 1.0, mas, por sua vez, além da comutação permite o diálogo nos dois sentidos de modo a poder fornecer os dados relativos à comutação ao operador;

AdilsonDicas e TutoriaisChave Diseq
Que é DiSEqC: DiSEqC (Digital Equipment por s.a.t.é.l.i.t.e de controlo) é um protocolo de comunicação único para uso entre um receptor de s.a.t.é.l.i.t.e e um dispositivo comutador como um multi-antena, o rotor uma de uma pequena antena ou multi-LNB titular. Ele é compatível com os actuadores utilizados para girar grandes...